quarta-feira, 5 de novembro de 2014

20...!!!

Se, em número, é pequeno, em tempo é grande, em memórias é enorme e em amor é gigante!
Nunca me lembro do dia exato sem uma ajudinha extra mas sei que foi em novembro e, sempre que se fala neste dia, recuo atrás o número de anos que se comemora, àquele momento em que me apercebi do início desta linda história.
Recordo, como se fosse hoje, o final de uma qualquer visita de estudo à zona histórica de Lisboa. O autocarro parado junto a um dos mais românticos miradouros da cidade e a conversa que me chegava inadvertidamente aos ouvidos, vinda do banco atrás do meu. Duas amigas, uma das protagonistas do enredo e outra cujo rosto a memória perdeu o rasto entretanto, trocando impressões sobre o aparente interesse por parte do outro protagonista do enlace.
Tudo pormenores que poderiam nunca ter permanecido intactos em imagem até hoje, não fossem dois fatores essenciais. Primeiro, os recém-apaixonados eram, para mim, pessoas tão diferentes que nunca os suporia juntos. Segundo, eles são mesmo um só até hoje.
Ora, tendo em conta que o dito autocarro andou a passear connosco quando frequentávamos o 10.º ano… Feitas as contas… Sim, passaram 20 anos!!!
Do colégio para a faculdade. Da faculdade para a vida profissional. Do namoro para o casamento. Do casamento, para a maternidade… Durante todos estes anos tive o privilégio de vos acompanhar e, de há 12 anos para cá, mesmo à distância de 300 e tal kms, temos encontro marcado, pelo menos uma vez por ano, no verão, no areal onde as nossas quatro Ms brincam e vão crescendo juntas. As Ms que nasceram de um amor tão grande e verdadeiro que une duas pessoas tão distintas mas que se encaixam, e se entendem, e se compreendem, e se “aturam” mas, sobretudo, se amam, como ninguém.
Quem vos vê a somar anos, soma piadinhas do estilo “ainda se lembram como se conheceram?”, se calhar até com uma pontinha de inveja do sucesso da vossa união, como soma razões de orgulho e admiração porque relações destas, atualmente, estão em vias de extinção.
Por tudo isto e por muito mais que fica por conseguir dizer, desejo, de coração, que continuem a somar anos e, muito acima e para além dos números, sorrisos, sucessos e lindas memórias para que a vossa história continue a servir de exemplo para muitos por ter sido escrita nas estrelas e não na areia…
Até porque não podem frustrar a expectativa desta vossa amiguinha de ainda vos ver assim:


(Nesta altura, se calhar já eu preciso de uma ajudinha extra para contar os anos e de alguém que escreva por mim…)

Com carinho e uma amizade com mais de 20 anos, para vocês…

Sofia Cardoso
05 de novembro de 2014

3 comentários:

  1. Amiga és incrível! Tem sido tudo isto é mais :). Em muito contribuiu para a felicidade dos 2 protagonistas desta história a amizade duradoura e grandiosa de bons amigos, como tu. Havemos de ser velhinhos, como na imagem, e ajudar-nos uns aos outros nas contas...:). Um beijo grande

    ResponderEliminar
  2. Um beijo grande nosso e obrigada por todo o teu carinho :)

    ResponderEliminar
  3. Eheheh! Assim seja! (A parte de sermos todos velhinhos a fazer contas...!)
    A vida só vale a pena quando partilhada!
    Muitos parabéns, um beijinho grande (e duplo!) e um resto de dia muito feliz!

    ResponderEliminar