domingo, 19 de abril de 2015

Abraço

Um abraço nunca vem tarde ou cedo.
Um abraço pode ser previsível ou completamente inesperado.
Um abraço pode ser dado com vontade ou a medo.
Um abraço pode vir de fugida ou ser demorado.
Um abraço pode ser dado em público ou em segredo.
Um abraço pode ser fugaz ou bem apertado.
Um abraço pode aconchegar-nos ou derrubar-nos como um torpedo.
Um abraço pode ser a seco ou encharcado.
Um abraço pode ser um presente ou substituir um brinquedo.
Um abraço pode ser pedido ou descaradamente roubado.
Um abraço pode ser dado livremente ou num degredo.
Um abraço pode ser alegre ou emocionado.
Um abraço pode ser frágil ou forte como um rochedo.
Um abraço será sempre apreciado, em qualquer circunstância, lugar e vindo de qualquer pessoa, desde que sinceramente dado.


Sofia Cardoso
19 de abril de 2015






Sem comentários:

Enviar um comentário