sábado, 7 de novembro de 2015

STOP

Sábado…
…Para variar.
Rodeada de almofadas,
Sem hora para acordar,
Sem pressa ou pressão
Para me despachar.
Pegar no carro,
Sair para passear.
Abrir um livro
A ouvir o mar.
Escrever umas linhas
Sem pensar.
Deixar o dia fluir
E o relógio ignorar.
Estar sozinha,
Não precisar de falar.
Sentar-me na areia
E o pôr-do-sol admirar.
Regressar à base,
Inventar o jantar.
Um chocolate 
A rematar.
Voltar ao livro,
Páginas devorar.
Pura e simplesmente,
Permitir-me parar.





Sofia Cardoso
07 de novembro de 2015 

4 comentários: