segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

36 teus, 30 nossos!

Duas crianças, vizinhas,
Sempre escada acima e abaixo.
Eu adorava a vista que tinhas…
Tu, os cozinhados lá de baixo.

Crescemos juntas, felizes,
No mesmo prédio morando
No mesmo colégio, aprendizes
Recordações construindo, brincando.

Aos escritórios, desejo sempre teu
Em cantorias, num palco improvisado
Ou às Barbies, como preferia eu
Mas sempre de sorriso em duplicado.

E são tantas as memórias,
De Armação ao Carregado
E tão lindas as histórias
Que partilhei ao teu lado.

A tua gargalhada contagiante
Em casa, na praia, na barragem,
Nos “campos” e por ai em diante
Passando pela quinta e sua garagem!

Muitos carnavais, gozámos
Neste teu dia de aniversário
Lágrimas e alegrias partilhámos
Que citá-las nem é necessário.

Está mesmo tudo aqui e aí dentro
E sei que ainda teremos muito tempo
Apesar de eu estar no sul e tu no centro
Para compensar este (físico) afastamento.


Sofia Cardoso
08 de fevereiro de 2016

Sem comentários:

Enviar um comentário